Subfundos PT/CV/PC - Pavilhão do Conhecimento

Zona de identificação

Código de referência

PT/CV/PC

Título

Pavilhão do Conhecimento

Data(s)

  • 1997 - 2015 (Produção)

Nível de descrição

Subfundos

Dimensão e suporte

36 proc.; papel

Zona do contexto

Nome do produtor

(1999)

História administrativa

O Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva é um espaço de divulgação científica e tecnológica e situa-se no edifício que, durante os 132 dias da EXPO´98, foi um dos mais emblemáticos pavilhões temáticos - o Pavilhão do Conhecimento dos Mares. Durante da Exposição Internacional de Lisboa os visitantes puderam fazer uma viagem de exploração pelos mares na sua perspectiva história, técnica e humana tendo estado exposto na nave central um barco dos estaleiros de São Jacinto.
O Pavilhão do Conhecimento dos Mares, com projecto arquitectónico do atelier J.L. Carrilho da Graça e com concepção expositiva do atelier ARX Portugal, foi, com os seus 2.543.914 visitantes, um dos mais visitados da EXPO´98.
A 24 de Março de 1999, nos termos da Resolução do Conselho de Ministros nº 68/98, de 9 de Junho, publicada no Despacho n.º6060/99, Diário da República, II Série, n.º 70 de 24 de Março de 1999, foi decidida a afectação do Pavilhão do Conhecimento à instalação de um espaço de divulgação de ciência e tecnologia. A 25 de Julho desse ano reabre as portas ao público como Pavilhão do Conhecimento. A 27 de Maio de 2002, a alteração parcial dos estatutos da Ciência Viva, publicada no Diário da República, III Série, nº158, de 11 de Julho de 2002 confere-lhe nova morada, passando a sua sede para o Pavilhão do Conhecimento.

História do arquivo

O subfundo Pavilhão do Conhecimento é constituído por documentação produzida e acumulada por este organismo entre 1999 e 2010, e só a partir desta última data é que se verifica que a documentação passa a ser mesma para ambas as instituições. Para reflectir esta divisão da organização do conjunto documental, optou-se por lhe atribuir o nível de subfundo, acrescentando o facto de o Pavilhão do Conhecimento não possuir personalidade jurídica, ficando sob a administração do Ciência Viva, como se verifica na própria designação oficial "Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva".

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

O subfundo do Pavilhão do Conhecimento engloba a documentação produzida e acumulada por esta entidade de divulgação e promoção da Educação Científica e Tecnológica. Do conjunto documental destacam-se os processos relacionados com a gestão dos recursos humanos e toda a documentação produzida e acumulada pela Comissão instaladora do Pavilhão do Conhecimento, assim como os documentos referentes a propostas e contratos de equipamentos e serviços, manutenção de infraestruturas, instalações e equipamentos, cedência de espaços para aluguer a entidades externas, e também procedimentos internos. As actividades do pavilhão estão também contempladas no grupo documental, onde estão englobadas as exposições, os eventos e projectos, as comemorações de aniversário deste centro museológico, assim como os acontecimentos regulares e ainda a produção documental relacionada com a loja deste espaço. O subfundo integra igualmente a documentação que concerne aos visitantes nomeadamente estatísticas, comunicação com os visitantes e as visitas do público e protocolares.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Folha de recolha de dados do levantamento e avaliação das massas documentais acumuladas; Quadro de Classificação criado para a organização intelectual da documentação.

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Pontos de acesso de género

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

DIRECÇÃO-GERAL DE ARQUIVOS - PROGRAMA DE NORMALIZAÇÃO DA DESCRIÇÃO EM ARQUIVO; GRUPO DE TRABALHO DE NORMALIZAÇÃO DA DESCRIÇÃO EM ARQUIVO - (ODA) Orientações para a Descrição Arquivística, 3ª versão, Lisboa: DGARQ, 2011. ISBN 978-972-8107-91-8.

ISAD(G): Norma Geral Internacional de Descrição Arquivística: adoptada pelo Comité de Normas de Descrição, Estocolmo: Suécia, 19-22 de Setembro de 1999. Conselho Internacional de Arquivos; Trad. Grupo de Trabalho para a Normalização da Descrição em Arquivo. 2.ª ed. Lisboa: IAN/TT, 2004. ISBN: 972-8107-69-2.

ISAAR (CPF): Norma internacional de registo de autoridade arquivística para pessoas colectivas, pessoas singulares e famílias/Conselho Internacional de Arquivos; trad. Grupo de Trabalho para a Normalização da Descrição em Arquivo - 2ª edição, Torre do Tombo, 2004

Estatuto

Final

Nível de detalhe

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

Criado a 12/05/2016

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Nota do arquivista

Criado por Vera Alves

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Géneros relacionados

Locais relacionados